quinta-feira, 24 de março de 2011

So lembram de Cristo na Semana Santa.



De costume, só escrevo textos que vão de encontro aos erros e absurdos que a igreja evangélica vem cometendo, e textos que tem como ênfase os publico evangélico. Nesse aqui vou abordar o fato lamentável das pessoas em geral só lembram-se do “Cristo da Paixão”. Esqueceram ou nao sabem do verdadeiro Jesus Cristo, e do que ele fez por nos! Quero aqui lembrar que o sacrificio de Jesus Cristo não é apenas data  , e também, mais uma vez, lembrar o papel da igreja de Cristo.
A dita “Semana Santa” foi uma festa criada em 325 d.C. O célebre Concílio de Nicéia, patrocinado pelo imperador Constantino e regido pelo Papa Silvestre I, consolidou a doutrina da Igreja Católica, transformada em religião oficial do Império Romano A partir de então, em Jerusalém, teve início a celebração do martírio de Cristo em três dias consecutivos.
Sexta-feira da Paixão passou a ser o dia dedicado ao sacrifício e morte de Jesus, Sábado de Aleluia o dia consagrado ao luto, e Domingo de Páscoa a festa da ressurreição. Um decreto do Papa estabelecia o Domingo da Ressurreição como a data religiosa mais importante do ano, celebrada sempre no domingo seguinte à primeira lua cheia da primavera. No Hemisfério Sul, a estação correspondente é o outono. Depois de Jerusalém, diversas comunidades cristãs adotaram a Semana Santa, que, hoje em dia, começa sete dias antes da Páscoa, com o Domingo de Ramos, que comemora a entrada de Jesus em Jerusalém, saudado pelo povo com ramos de árvores.
Na quinta-feira é celebrada a Última Ceia, a última noite que Jesus passou com os discípulos. É um feriado lindo não acha? O problema que o sacrifício de Cristo, não era pra ser encarada como uma data comemorativa, para ai sim lembrarem de Cristo . Semana santa virou apenas a época de se encenar a “paixão de Cristo”, dar ovos de páscoa, e ir fazer as comemorações religiosas lembrando-se do sacrifício divino. Em João 3:16 diz assim: “Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Paixão de Cristo? As sagradas escrituras são bem claras. João diz que Deus AMOU o mundo de TAL MANEIRA, ou seja, faltaram palavras para João expressar o quanto Deus amou sua criação, a Cruz representa muito mais que dor, muito mais que paixão, muito mais que uma data batida no calendário cristão e ocidental, a Cruz representa AMOR! Ai que vem meu questionamento: “Porque só nos lembramos de Cristo na semana de sua Paixão?” Isso eu sinceramente não entendo. Deus nos amou de tal maneira, e ainda nos ama, por isso estamos aqui, através da Graça e misericórdia de Deus. E o que fazemos em troca? Elegeram há muito tempo uma data para “celebrar” tal sacrifício, tal paixão. Isso é lamentável, vendo do ponto de vista do que Ele nos proporcionou: perdão, graça, misericórdia, amor, e a promessa de vida eterna como diz o final do versículo 16 do capitulo três do evangelho de João. Deus nos chama para uma vida santa, separada, uma vida de sacrifício vivo, cada um tomando sua Cruz (Mateus 10:38). O Sacrifício da cruz é bem maior do que uma simples sexta-feira da paixão. Não encare essa data da maneira como vinha encarando, entenda que Deus nos ama, e em virtude desse “tal amor” ele se entregou numa cruz, por mim e por você, e é por esse Cristo que estou aqui, para falar pra quem quiser ouvir(ler) que o meu Redentor vive e é poderoso, lavou os nossos pecados para nos salvar, e é através dessa fé em nosso Salvador e em seu sacrifício que  obtermos a vida de paz eterna na presença de Deus.
Amados, que não deixemos o verdadeiro sentido da cruz ser abafado por um pseudo-sentido, uma simples celebração, essa celebração deve ser vivenciada com nossas vidas. Paulo diz em 1ª Coríntios 1:17: “Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã.” É nosso papel fazer com que o Cruz não se faça vã. Ele veio e se entregou pra todos, e só ficaram de tal sacrifício, de tal amor, se nos, seus filhos, levarmos isso a serio e adiante, é a nossa missão, pra isso ele nos chamou.

Lankaster Almeida Oliveira

5 comentários:

  1. Realmente, concordo contigo, as pessoas deveriam lembrar a todo momento que Jesus, que morreu por nós, para hoje estarmos aqui vivos. É lamentável.
    Gostei muito do post. Muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Arrazou ^^ Pura verdade... Ainda hoje recordei quando comentamos um dia : "A cruz vazia possui muito + sentido..." É lamentável o fato de como as pessoas estejam restringindo-se apenas á datas e símbolos emoldurados pelo tempo...Elas tem esquecido ou mesmo 'desviado-se' do real significado e dAquele que,em favor de toda a humanidade,se doou... Deus te abençoe,Lan ... ^^

    ResponderExcluir
  3. artigo muito importante
    as pessoas precisam abrir suas mentes
    e saber que cristo deve ser lembrado e adorado para todo sempre não em datas comemorativas!

    o pior não é nada é que as proprias igrejas evangelicas são as primeiras a fazer um evento difente nesse periodo então eram pra agirem diferente...

    Deus continue te abençoando Lankaster
    com esses conteudos de grande importância e cresccimento p nós cristãos.

    ResponderExcluir
  4. Que dizer do Edir Macedo?
    Que dizer do "apóstolo" (?) Santiago e de seus "Milagres" por atacado?
    Que dizer das escabrosas sessões de exorcismo, verdadeira palhaçada "em nome de Jesus"? Devo dizer que tenho saudades de Lutero, e sinto que ele não apareça nestes nossos tempos, para fazer uma grande Reforma nos "evangélicos"...(?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então meu irmão, seja este "Lutero" comece vc a mudança!

      Engraçado como crentes gostam de deixar para os outros...
      Deixam seus pastores sozinhos, missionários, evangelistas, porém não podem pegar o copo descartável que o irmãozinho abençoado deixou na cadeira depois de beber água no culto...
      Mas são os primeiros a irem a mesa de comida e bebida...
      A hipocrisia se instalou nas igrejas hoje, a adoração aos cantores gospel...
      Misericórdia por isso Senhor, sejamos nós a mudança de vida que as pessoas devem ter!
      Sejamos nós os protestantes da Reforma!
      Não adianta esperar por Lutero ele já fez a parte dele e ele morreu... Não adiante por Paulo, Pedro, João, Tiago... Todos já morreram!
      Mas um vive este é por quem devemos viver e morrer JESUS O CRISTO! FILHO DO DEUS ALTÍSSIMO AUTOR E CONSUMADOR DE NOSSA FÉ, PRÍNCIPE DA PAZ, ESTRELA DE DAVI, O ALFA E O ÔMEGA, A ESTRELA DA MANHÃ...
      Então busque a presença de Deus e seja vc, seja eu, seja todos nós as tochas humanas que irão incendiar o BRASIL é o mundo pra Jesus...
      Que o Espírito Santo derrame sobre nós essa ousadia que tanto buscamos em Lutero mas que o mesmo apenas buscou as escrituras: "visto que a justiça de Deus se revela no Evangelho, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: “O justo viverá pela fé”.
      (Romanos, 1.17)"

      Excluir