segunda-feira, 29 de novembro de 2010

"Marketeiros", falsos profetas!


Seria cômico se não fosse trágico. Marketing, palavra estrangeira que lemos ou ouvimos frequentemente não é? Na imagem acima vemos um dialogo entre Calvino e Lutero, dois dos maiores nomes da reforma protestante, falam o que provavelmente falariam se fossem vivos e comentassem sobre varias igrejas e diversos lideres “protestantes” da atualidade.
Pastores que se usam da massa evangélica para vender, produtos, outros para conseguir prestigio, para conseguir dinheiro, poder, e por ai vai! No mundo e no Brasil não seria diferente! Inúmeros “pregadores” de nome no Brasil, tem se entregado a vários ventos de doutrina, outros se vendendo a prosperidade, e outros e outros que fundam igreja, criam doutrinas e distorcem o que a Palavra de Deus nos traz e ensina. O Marketing se tornou uma forte ponte para o “sucesso” dessas pessoas. Pastores que vendem mais produtos de sua marca do que falam da palavra da salvação. Outros são sensacionalistas, usam o apelo emocional e a falta de informação das pessoas, ou ate mesmo das pessoas “biblicamente analfabeta”, ou seja, pessoas que apenas se alimentam espiritualmente da palavra propagada por tais pregadores, pessoas que não lêem, que não estudam, que não examinam a bíblia como os irmãos de Beréia como pode se ver em Atos capítulo 17:10-12. O apostolo Paulo no novo testamento, fala algo bem interessante no livro de 2ª Coríntios, capitulo 4, versículos 3, 4 e 5:   “Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus.” No versículos  5, Paulo diz que não pregamos a nos mesmo, mas a Cristo. SOMOS CANAIS! Será tão difícil entender isso? Ou acho que esses “pregadores” esqueceram do que o próprio Paulo diz: Já estou crucificado com Cristo; e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vive-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. (Gálatas 2:20). Infelizmente esses homens como o Silas Malafaia que pedem alugueis, prestações de casa, tri-dizimos, ou homens que defendem com unhas e dentes a teologia da prosperidade como Marcos Feliciano em sua mais famosa pregação da “burrinha 0 km” que o senhor Jesus teria exigido para poder entrar na cidade com seus discípulos, sem falar que esse mesmo Marcos Feliciano ora em seu próprio nome, quando a palavra de Deus nos orienta a pedir tudo em nome do Senhor Jesus, nosso redentor (Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo. - Efésios 5:20),  tem se usado do tal marketing e conseguido alcançar milhares de seguidores. Se o Lutero e o Calvino diriam tal coisa, imagina o que nosso Senhor acha dessas coisas?
“E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos” – Mateus 24:11. Irmão, devemos tomar muito cuidado com esses falsos profetas que estão ai para confundir as mentes , se usando da boa fé das pessoas. O que devemos fazer para não sermos alvo desses falsos profetas? Ler, meditar, e examinar as escrituras sagradas, e tudo que você ouvir que não esteja de acordo com a palavra de Deus, descarte, jogue fora! “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores” – Mateus 7:15 . Também levanto essa meditação para as bandas, cantores e certos ministérios de louvor. Se você estiver “antenado” com a palavra de Deus, com toda a certeza, você terá total discernimento para saber o que é agradável aos olhos e ouvidos de Deus. “Também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos, repentina perdição” - 2 Pedro 2:1

Nenhum comentário:

Postar um comentário