sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

O Triunfalismo e a busca pelo "Eu"


Olá! Depois de muito evitar falar sobre tão assunto não pude me calar diante de um comercial que vi na Rede globo de televisão ontem do cd “Promessas Pentecostais”. Sem falar em vários pregadores locais e nacionais, cantores de igrejas e de prestigio nacional que tem essa chama de promessas pentecostais! O comercial em questão traz a musica “Gospel” que se diz adorar a Deus. Será? Qual a diferença dessas musicas de musicas ditas “do mundo”? Musicas com objetivos e letras humanistas, bem diferente de uma verdadeira adoração como, por exemplo, a musica “Quão formoso és” do pastor Marcos Goes. Na minha opinião, musicas como essas são puramente expressão artísticas, mas o problema é usar essas musicas e esses discursos “vitoriosos” para “adorar” a Deus. Adorar a quem? A Deus? “Adorar a Deus dizendo: “me da vitoria” ou “vou orar e Deus vai me atender” ou então” eu vou, eu quero, eu posso, eu, eu ,eu...” Devo dizer que esse não é o caminho. Perdeu-se o alvo, o verdadeiro centro do nosso culto. Deus esta sendo colocado a mercê dos homens. O crente só tem que vencer, ganhar, derrotar, pisar, subir, correr, VITORIA, VITORIA, E VITORIA. Onde vamos parar? Não se tem mais a preocupação de dizer que morremos com Cristo, que a maior vitoria que já temos foi a vitoria na cruz, Aleluia! Não se prepara os cristãos para as perdas da vida, não se prega mais o puro evangelho, nem a vida de Jesus e seus ensinamentos. Perdeu-se o verdadeiro sentido do que é receber a Cristo. O que vale hoje é falar que Deus da riquezas para você aqui na terra, bens, posses, empregos, e etc. Gente o maior tesouro esta nos esperando, lá na gloria. Somos vítimas dos maiores inimigos que existe na igreja hoje: a religiosidade e os falsos profetas. Com base nisso tudo, quero encerrar esse post, com um vídeo do Pastor americano John Piper: “Você irá sofrer.” Deus zela pelos seus filhos, mas não foi para isso que se prega por ai que  Deus nos chamou, ele nos chamou para vivermos com Ele, veio para nos libertar e salvar, e por amor Dele, estamos aqui como servos, submissos a vontade do Pai que é boa, perfeito e agradável! Assista ao vídeo e reflita! Paz amados

Lankaster Almeida Oliveira



2 comentários:

  1. Você frisou no inicio de seu artigo: ''depois de muito evitar falar sobre esse assunto...''. Digo a você amigo escritor que, não tema falar, caso tenha certeza do que está falando a Luz das Sagradas Escrituras. Fale, ensine, doutrine, não se cale! Desde que tenha o próprio Deus O dirigindo para o fazer. Parabéns pelos artigos. Você tem crescido muito!

    ResponderExcluir