quinta-feira, 10 de março de 2011

A solução é Jesus!



Drogas, violência, corrupção. Vejo e escuto muitos discursos para acabar com esses problemas na sociedade. São caminhadas pela paz, manifestações públicas, leis, etc. Que resultados isso tem alcançado para que esses problemas sejam resolvidos ou amenizados? É quase que um gesto em vão. E eu me pergunto: Onde está o povo de Deus? O que temos feito? Estamos conformados? Onde estão os renovados pelo entendimento da palavra? Estamos levando renovo para a sociedade?
Eu respondo o que a igreja do senhor tem feito. Estamos tão preocupados em nossas cômodas igreja em resolver problemas financeiros dos irmãos, em cantar bem na igreja, ser o melhor musico da igreja, ser o melhor pregador da igreja, ser o mais bem vestido, ser o mais “santo”, enfim, a igreja do Senhor está totalmente desligada dos ensinamentos de Jesus, vivendo os próprios ensinamentos e se preocupando com coisas extremamente supérfluas e que não tem nada haver com tudo o que o Senhor nos deixou como missão. E quando falam em aborto, drogas, violência, corrupção, casamento gay e coisas do tipo da realidade de nossas sociedades alguns dizem: “Só o que temos que fazer é orar”, “o mundo jaz no maligno”, “vamos mudar nossas lideranças políticas e torna o país evangélico”, “vamos fazer uma marcha pra Jesus e mostra que Deus é maior”. Meu Deus! Onde vamos parar? Primeiro, devamos orar sim, e orar muito, mas me perdoem a franqueza, mas quem diz que só o que podemos fazer é orar, é um covarde e rebelde para com Deus, ele nos chamou para sermos canal da sua gloria, sal e luz, e não pra ficar sentado numa igreja orando e pedindo misericórdia. Segundo, tudo é de Deus, Deus é Deus soberano. Satanás não tem poder nem vontade soberana, tudo que ele faz é com a permissão de Deus, e simplesmente dizer que o mundo é do maligno, é abrir mão de almas que clamam por Jesus! Fracos covardes! Estão preocupados apenas com o seu conforto! Terceiro. Não entra na minha cabeça de maneira nenhuma querer mudar a nação com política, Deus não quer uma teocracia, o que devemos é escolher democraticamente e sabiamente nossos representantes para que a corrupção seja cada vez mais rara, mas usar da política para resolver nossos caprichos religiosos é burrice, é só olhar para o ministério de Jesus, ele não foi um político, ele foi um missionário, levando tolerância, respeito, amor e principalmente o evangelho do evangelho como diz o PR. Renato Vargens. É isso que devemos fazer: pregar a luz da verdade, pregar aquele que é o caminho, a verdade e a vida! Gloria a Deus! E só para registrar, o envolvimento com política de lideres religiosos esta estreitamente ligado a interesses altamente particulares, alguns querendo o salário de deputado de mais de 20 mil reais, e usam de discursos usando o nome do Senhor e sua igreja para apenas se promover, outros querendo um “boquinha” com candidatos, cuidado amados, use de seu senso critico para votar e fazer uso de seu exercício de cidadão! Quarto, fazer grandes movimentos religiosos não significa nada se não for algo com ênfase na propagação do evangelho do evangelho, da salvação, de Cristo! Tenho certeza que meros eventos são apenas entretenimento.
 O que estou tentando dizer galera é que não estamos fazendo o que Deus nos chamou, “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos 16:15) Devemos levar a palavra, o entendimento, a verdade das escrituras, precisamos levar esse entendimento que transforma os homens, assim não nos conformando com esse mundo, e levando ao conhecimento das pessoas da boa, perfeita e agradável vontade de Deus! (Romanos 12:2) E quem é que vai fazer isso? Nos que vivemos o autentico evangelho, nós que nos chamamos cristãos por vivermos Cristo! Tudo o que precisamos é orar, conhecer as escrituras e pregar em nossas relações profissionais, estudantis, familiares e nas amizades. “Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?”(Romanos 10:14) Que sejamos como os discípulos, como Paulo, como João, como Lutero, como C.H. Spurgeon, como Jonathan Edwards, e como tantos outros irmãos que nem conhecemos, como dos da igreja perseguida, que mesmo ameaçados de morte não se calam e pregam a Cristo como assim Deus nos chamou! E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.” (Filipenses 4:7) A Solução é Jesus, não é politica, movimentos sociais, é Jesus! Vamos à luta?

Lankaster Almeida Oliveira

7 comentários:

  1. Pura realidade !!
    vamos á luta sim ! :P

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo post. Edificante. Vamos a luta!

    ResponderExcluir
  3. Verdade ... Por vezes,a igreja do Senhor tem sido 'marcada/caracterizada' pelo comodismo... Enquanto almas tem perecido e continuado em marcha 'rumo ao abismo',grande parte da igreja tem permanecido na velha 'zona de conforto' ... Como se cruzar os braços diante da situação fosse alguma virtude! Ai ai... E glória a DEUS que Suas misericórdias renovam-se a cada manhã!!! Grande Abraço,Lan !!!

    ResponderExcluir
  4. é verdade muitas coisas que fazemos como cristãos so ficam dentro de nossos templo e sempre a culpa são dos politico.
    Parabens por mais um trabalho bem alaborado !

    ResponderExcluir
  5. Amados, nós estamos numa situação de conforto, então para que nos mover, se tudo vai bem? Mas não foi para isso que o Senhor nos chamou. Ele nos chamou para fazermos a diferença! E não viver nessa cômoda situação, como Lankas citou. Está escrito: "A fé sem obras é morta!" Ou seja, estamos sem fé! Ou seja, não somos d'Ele. Melhor dizendo, parece que nunca fomos!
    Parabéns pelo post amigo! Espero vê-lo pregando para assimilar melhor esse rico texto...

    ResponderExcluir
  6. Lan...Parabéns pelos seus textos cada dia vc me surpreende..O que vc falou é a pura verdade, devemos ser os semeadores,por onde formos e não devemos ficar sentados nos bancos das igreja apenas escutando e guardando para si,devemos passa para o próximo as belas palavras do Evangelho. Lembrando sempre no que Jesus disse : “Amais uns aos outros, assim como eu vos amei “ (Jo 15,12)

    ResponderExcluir
  7. É infelizmente essa é a nossa realidade, a realidade da nossa sociedade, e que só faz piorar!
    Muito bom o post lan!
    Parabens :)

    ResponderExcluir