quarta-feira, 11 de setembro de 2013

11 de setembro e uma reflexão histórica de como precisamos de Deus.



Fazer história de fato abre minha mente e me ajuda a ter uma compreensão mais completa de como o mundo necessita de Deus! Esse texto trás uma reflexão sobre a necessidade que a humanidade tem urgentemente de Deus. Faço essa reflexão trazendo eventos históricos que são marcas profundas na história da humanidade para mostrar que não existe “lado bom” se o homem caminha sem Deus.
Enquanto a grande massa populacional relembra no dia de hoje o terrível "golpe terrorista" que os Estado Unidos sofreram pelo terror do oriente médio, a Al-Qaeda, personificado em Ossama bin-Laden, que ironicamente foi treinado pela CIA, Agencia de Inteligência Americana, nas campanhas mundiais contra a ameaça comunista, eu reflito sobre como a humanidade sem Deus é cega, sanguinária e hipócrita. Pois é, em 11 e setembro de 2001, essa criação se volta contra seu criador. Coitadinho dos EUA! O grande protetor da vida e da democracia foi atacado “do nada”... Será? Lembrarei a vocês outro “11 de setembro” esquecido, o de 1973. Outra capital foi devastada por bombardeios, aviões, tanques, uma cena tão igualmente aterrorizante da que fomos testemunhas das ocorridas em Nova Iorque. Estou falando do ataque americano a capital chilena Santiago. Os EUA foram decisivos na tomada do poder daquele país, um ato que passou longe do amor a vida e da humanização tão questionada nos atos de Ossama.  Então surge meu questionamento: Por que o ato de bin-Laden é terrorismo e os atos de Nixon e das bombas americanas em Santiago no ano de 1973 não são? De coitadinho e de protetor os EUA não tem nada! Lamento profundamente pelas vítimas dos dois "11 de setembro" e suas famílias.
Não estou defendendo ninguém, apenas quero por os "pontos nos i's". Se as cruzadas mataram tantos, se a expansão árabe matou tantos outros, se a corrida colonialista escravizou e matou muitos, se a inquisição matou milhares, se o Nazismo matou tantos outros milhares, se o comunismo matou milhões, a democracia (que caminha muito distante de seu real significado) e o capitalismo ocidental encabeçado pela potência mundial Estados Unidos da América já matou uma soma incalculável de pessoas, já subjugou outras milhares de pessoas sem ao menos uma chance de lutar e continua fazendo isso todos os dias. Será mesmo que existe lado bom nisso tudo?
Seja de que lado for não são as escolhas políticas, religiosas ou ideológicas que fazem desses sistemas menos cruéis do que outros. Não são esses sistemas, ou sistemas futuros que nos tornam pessoas dignas ou mais justas. Todos eles mataram milhares na tentativa de se impor perante o mundo, sem levar nenhum princípio bíblico. Enquanto o povo andar distante do Deus único e verdadeiro, o Altíssimo senhor e soberano de toda a vida e de todo o universo, sistemas serão erguidos e derrubados, matando, destruindo e apontando seus adversários como os vilões da história. Cabe a nós um olhar mais crítico para entender realmente essa política mundial de "mocinho e bandido". Todos são maus. Mas existe uma saída! Jesus Cristo morreu para trazer salvação a todos que nEle creem. (João 3:16) Ele é o único caminho, a verdade e a vida!(João 14:16) Não tenho dúvidas que o poder transformado do evangelho de Cristo (Romanos 1:16) é a ÚNICA solução para esse mundo que vive profundo vazio, e que tenta preencher isso com guerras, causas perdidas e sangue de seus próximos. Nem quero entrar aqui em outras questões sociais e nas questões da política suja e corrompida de nossa nação e de tantas outras. Tudo isso é fruto de um povo que anda distante de Deus.
Que Deus tenha misericórdia dos homens, mas faça justiça. Entendam isso: sem Deus, os homens caminham sempre nessas campanhas uns contra os outros. Apenas a presença de Deus pode nos trazer a verdadeira paz que tanto precisamos!


Lankaster Almeida Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário